Foto: Karla Vieira

A pandemia também suspendeu as atividades esportivas, deixando alunos e professores em dificuldades. A Prefeitura de Manaus, por meio do Fundo Manaus Solidária e atendendo a uma demanda da Federação de Jiu-Jitsu do Amazonas (FJJAM), doou vales-alimentação a professores de academias da “arte suave” da capital. Os 3 mil cartões no valor de R$ 50, doados pelo grupo Avancard à prefeitura, estão beneficiando categorias, grupos e entidades da sociedade civil.

Atenta às demandas das mais diversas categorias, sobretudo, no que diz respeito à alimentação, a presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, orientou para que fosse feito um esforço para atender, dentro das possibilidades, demandas que estejam fora das usualmente recebidas pela equipe do Fundo Manaus Solidária. Nesse sentido, estão sendo acolhidos pela campanha #ManausSolidária professores de jiu-jitsu, profissionais da área cultural e do entretenimento, grupos LGBT e outros.

“Estamos fazendo todo o possível para atender as pessoas que nos procuram, seja qual for a categoria ou grupo, nosso interesse é ajudar para que todos possam passar por este momento tão difícil, da melhor forma possível. Soubemos dessas necessidades e nos propusemos a ajudar também, assim como temos feito com muitas famílias em situação de risco social. E isso só está sendo possível porque muitas pessoas, empresas e entidades da sociedade civil têm colaborado com a nossa campanha #ManausSolidária. Agradeço, em meu nome e do prefeito Arthur Virgílio Neto, a todos que estão nos ajudando”, disse.

Conforme o presidente interino da FJJAM, Orley Lobato, a diretoria da federação foi procurada por muitos professores, alunos e árbitros com demandas sobre alimentação e, diante da necessidade empresários e poder público foram procurados para que pudessem auxiliar neste momento de pandemia. De acordo com Orley, o levantamento da federação em 2019 apontou 90 academias credenciadas. O Campeonato Amazonense de Jiu-Jitsu, realizado nos dias 14 e 15 de março deste ano, reuniu mais de 1,6 mil atletas.

“Temos vários professores que sobrevivem do jiu-jitsu e esse auxílio que a prefeitura nos deu foi excelente. É gratificante ver o sorriso do pessoal que vem aqui e recebe o cartão. A gente pensa que não, mas às vezes R$ 50 que aparece numa situação como a que estamos vivendo chega como se fosse R$ 500. Graças a Deus temos recebido cestas básicas também e aí, com o cartão, o pessoal pode comprar uma proteína e completar a alimentação. Agradeço de coração pela ajuda”, disse.

Um dos professores beneficiados com a cesta emergencial é Wagner Pimentel. Professor de jiu-jitsu da Associação WS, ele agradeceu pelo auxílio. “Só tenho a agradecer pela ajuda. Vivo do esporte e as coisas ficaram difíceis nesse momento de pandemia. Muito obrigado”, declarou.

Quem também foi beneficiado foi o árbitro da academia Xeque-Mate, Ralf Alcântara, que ressaltou a sensibilidade do Fundo Manaus Solidária e da federação em auxiliar não apenas os professores, mas também os árbitros que, sem lutas, também ficaram sem uma fonte de renda.

“É uma ajuda que chega em boa hora. Agradeço pela solidariedade. Vejo pessoas que recebem a ajuda, repartem e repassam para quem mais precisa, criando uma corrente em que o bem recebido é compartilhado para outros que também precisam. Isso é importante, para superarmos esse momento difícil”, finalizou.

Os vales-alimentação podem ser trocados por qualquer gênero alimentício, em estabelecimentos que aceitem cartões Avancard. Não é permitida a troca de qualquer valor do vale-alimentação por bebidas alcoólicas.

Doações

As doações para a campanha #ManausSolidária podem ser feitas no drive-thru montado no estacionamento da Prefeitura de Manaus, na avenida Brasil, Compensa, zona Oeste, de segunda a sexta-feira, de 9h às 13h. A campanha arrecada a doação de bens de primeira necessidade – roupas, calçados, gêneros alimentícios, itens de higiene pessoal e material de limpeza – para pessoas em situação de vulnerabilidade social; produtos e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e ainda recursos financeiros para serem aplicados no hospital de campanha municipal Gilberto Novaes, zona Norte.

Doações em dinheiro podem ser feitas no Banco do Brasil, agência: 3563-7; conta-corrente: 10.483-3 PMM/Doação Covid-19. O CNPJ é 04.365.326/0001-73. O acompanhamento de toda a movimentação bancária estará disponível nos sites manaussolidaria.org e covid19.manaus.am.gov.br.

Com informações da Prefeitura de Manaus.

https://www.alternativasports.com/site/wp-content/uploads/2020/06/49989026142-677787cbc3-o.jpghttps://www.alternativasports.com/site/wp-content/uploads/2020/06/49989026142-677787cbc3-o-150x150.jpgmasterArtes MarciaisDestaquesA pandemia também suspendeu as atividades esportivas, deixando alunos e professores em dificuldades. A Prefeitura de Manaus, por meio do Fundo Manaus Solidária e atendendo a uma demanda da Federação de Jiu-Jitsu do Amazonas (FJJAM), doou vales-alimentação a professores de academias da “arte suave” da capital. Os 3 mil...Aqui você fica por dentro de tudo o que acontece no cenário esportivo amazonense, com vídeos, fotos e reportagens.   Com um trabalho feito através de nossas ferramentas de veiculação, levamos até você caro leitor o máximo de informações possível e valorização de nossos atletas em suas diversas modalidades trazendo o resultado obtidos em competições.  Espaço aberto para todas as modalidades praticadas no Amazonas, se você quer uma reportagem entre em contato conosco.