Foto: © © WSL/Dunbar/Direitos Reservados

O Brasil teve uma ótima quinta-feira (8) na praia de Merewether, em Newcastle (Austrália), onde cinco surfistas do país avançaram para as quartas de final da segunda etapa do Circuito Mundial de Surfe.

O primeiro brasileiro a se classificar foi Gabriel Medina, que superou o português Frederico Morais por 12,93 a 8,33. O bicampeão mundial terá pela frente Adriano de Souza, o Mineirinho, que deixou pelo caminho Julian Wilson, a quem derrotou por 8,40 a 7,10.

Outro duelo entre brasileiros nas quartas de final será o que coloca frente a frente o atual campeão Ítalo Ferreira e Deivid Silva. Para avançar na competição, o surfista potiguar derrotou o norte-americano Griffin Colapinto por 16,93 a 9,83. Já o surfista do Guarujá deixou pelo caminho o japonês Kanoa Igarashi, que superou por 11,93 a 11,80.

O quinto representante do Brasil nas quartas de final será Filipe Toledo, que, após passar pelo também brasileiro Yago Dora, pega agora o norte-americano Conner Coffin.

Agência Brasil

Alternativa Sports, valorizando o esporte amazonense.

https://www.alternativasports.com/site/wp-content/uploads/2021/04/medina_g8738newcastle21dunbar.jpg_max-1024x613.jpghttps://www.alternativasports.com/site/wp-content/uploads/2021/04/medina_g8738newcastle21dunbar.jpg_max-150x150.jpgmasterDestaquesDiversasO Brasil teve uma ótima quinta-feira (8) na praia de Merewether, em Newcastle (Austrália), onde cinco surfistas do país avançaram para as quartas de final da segunda etapa do Circuito Mundial de Surfe. O primeiro brasileiro a se classificar foi Gabriel Medina, que superou o português Frederico Morais por 12,93...Aqui você fica por dentro de tudo o que acontece no cenário esportivo amazonense, com vídeos, fotos e reportagens.   Com um trabalho feito através de nossas ferramentas de veiculação, levamos até você caro leitor o máximo de informações possível e valorização de nossos atletas em suas diversas modalidades trazendo o resultado obtidos em competições.  Espaço aberto para todas as modalidades praticadas no Amazonas, se você quer uma reportagem entre em contato conosco.