Os barcelenses Matheus Barbosa e Gabrielly Marat conquistaram o inédito título brasileiro da modalidade no dia 19 de setembro, no Clube do ASA

Aconteceu no último domingo 19 de setembro, no Clube do ASA, localizado na  Av. Coronel Teixeira, 2.131 – Compensa 1, a primeira edição do Amazon Combat de Taekwondo PRO.

O evento teve início as 10h30 no salão principal do clube, com lutas na categoria infantil, onde competiram crianças com idades entre cinco e onze anos.

O destaque ficou entre as atletas Daiana dos Santos de Barcelos (Gaditas) e Maria Luísa de Manaus (ACT), que realizaram a primeira luta oficial de Taekwondo Pro em solo brasileiro. E fizeram uma luta emocionante, com Maria Luísa conquistando a vitória e levando o troféu de primeiro lugar para casa.

Maria Luísa e Dayana Santos, realizaram a primeira luta oficial de Taekwondo PRO com vitória de Maria Luísa por desistência no terceiro round.

As 14h30 foi realizado a abertura oficial do evento, e composição da mesa de autoridades convidados pala Federação Amazonense de Taekwondo Profissional.

Estiveram presentes compondo a mesa de autoridades o presidente da Confederação de Taekwondo PRO Brasil, Grão mestre Carlos Soares; a diretora de Patrimônio da Confederação de Taekwondo PRO Brasil, mestra Sandra Soares; A diretora Jurídica da Federação Amazonense de Taekwondo Profissional, Dra. Joelma Takeda; O Diretor de Arbitragem da Federação Amazonense de Kickboxing Esportivo, professor Bruno Leal; o Diretor do Departamento Amazonense de Wushu Sanda da Federação Brasileira de Wushu Sanda, professor Ezandy Oliveira Queiroz; o presidente da Federação Amazonense de Artes Marciais, professor Ewerton San Kombat, o Grão mestre Juarez Cardoso, presidente da Federação Roraimense de Taekwondo Pro e o presidente da Federação Amazonense de Taekwondo Profissional, mestre Rizoney Rocha.

Durante a abertura oficial, o presidente da confederação brasileira, Grão mestre Carlos Soares ressaltou a importância deste primeiro evento da modalidade, das disputas de cinturão profissional e o nível técnico elevado de muitos atletas, comentou ainda a importância da disciplina dentro do esporte, a organização do campeonato, a estrutura montada e brindou ao publico presente, informando que em 2022, acontecerá uma etapa do campeonato brasileiro da modalidade em Manaus.

Grãos mestres Carlos Soares, Rizoney Rocha e professor Zartu Furtado

As disputas de cinturões iniciaram às 17h, com a categoria máster até 87kg, entre os veteranos Maurício Alves de Manaus, representante da Amazonas Combat Team – ACT, contra Manuel Araújo, de Manacapuru, representando a Academia Araújo de Taekwondo.

O embate entre os dois atletas foi de alto nível, a rivalidade entre os mesmo se fez presente mais uma vez. Maurício iniciou o combate com um direto que levou seu adversário ao chão, sendo necessária a interrupção do árbitro, em seguida Manuel conseguiu se recuperar na luta levando a mesma até o final do terceiro round, onde a decisão foi dividida, e a arbitragem apontou Manuel Araújo como primeiro campeão do dia, levando para casa o cinturão da categoria.

A segunda disputa de cinturão foi válida pela categoria semiprofissional até 72kg, entre os atletas Denilson Thomás do Amazonas, representante da academia Shotoart Combat, e Gustavo Ferreira, de Minas Gerais.

A luta muito disputada no inicio com trocas de golpes entre os dois atletas, a partir do segundo round, o amazonense começou a encaixar os golpes e abrindo vantagem no combate, ao final do terceiro round a luta foi interrompida pelo árbitro declarando vitória do atleta Denílson Thomas por nocaute técnico, levando para casa o cinturão.

A terceira luta válida por cinturão foi à disputa inédita do título brasileiro, a casca grossa Gabrielly Marat de Barcelos/Amazonas, teve pela frente a duríssima Amanda Soares, de Arujá/São Paulo.

Gabrielly Marat e seu treinador Ewerton San Kombat, primeira campeã brasileira profissional de Taekwondo PRO Brasil da história

O combate foi muito disputado, as duas atletas entraram preparadas em busca do título brasileiro, com intensas trocas de golpes ao final de três rounds a luta terminou com um empate técnico entre as atletas, levando ao round extra. Gabrielly foi mais ofensiva aplicando um chute alto em Amanda, que contra golpeava com poderosos socos, na linha de cintura e no rosto, com o final do quarto round a decisão foi dividida, e Gabrielly Marat foi declarada vencedora, assim, conquistando o primeiro cinturão brasileiro profissional da história.

A quarta disputa de cinturão fechou o evento, o experiente Cláudio Level do estado de Roraima, enfrentou o amazonense Matheus Barbosa, válido pela categoria profissional até 72kg.

A luta entre os experientes atletas teve um primeiro round de estudos, com o atleta Cláudio buscando o combate aplicando chutes rodados e sequencias de socos, enquanto Matheus jogava no contra ataque, buscando os golpes de encontro.

Soldado da Aeronáutica, Matheus Barbosa e seu corner Ewerton San Kombat, conquistou o primeiro título brasileiro profissional masculino de Taekwondo PRO Brasil

No segundo round os atletas partiram para definir a luta, Cláudio cometeu uma falta ao segurar o amazonense lhe aplicando uma queda, o atleta foi atendido pelo corpo médico que estava no local, terminando o segundo round com vantagem para o atleta amazonense. O round definitivo começou com os dois atletas buscando o nocaute, entre as trocas de golpe Cláudio Level sofreu uma contusão, não podendo retornar ao combate, e foi declarado nocaute técnico pelo arbitro, com isso o amazonense Matheus Barbosa sagrou-se campeão brasileiro profissional.

O presidente da Federação Amazonense de Taekwondo Profissional, mestre Rizoney Rocha agradeceu a Deus em primeiro lugar, pela oportunidade em realizar o evento, apesar das dificuldades, a competição transcorreu sem problemas, com toda a segurança para os atletas, através dos profissionais da saúda da IPIAM e do grupo Samel, agradeceu ao presidente da confederação GM Carlos Soares e mestra Sandra Soares, por prestigiar e abrilhantar o evento. Disse ainda que em novembro, pretende levar dez atletas para o campeonato brasileiro que acontecerá no estado do Paraná, no município de Pontal, nos dias 6 e 7 de novembro, onde haverá disputas de títulos profissionais e o Amazonas vai em busca de mais cinturões. 

Apoiadores do evento Amazon Combat de Taekwondo

O Amazon Combat de Taekwondo PRO teve o apoio do Governo do Estado do Amazonas, através da FAAR (Fundação Amazonas de Alto Rendimento), vereador Allan Campelo, TR Studio da Beleza, Yepa Photografy, MC Seraalheria, Samel, Nirá Modas, Clube do ASA, IPIAM, Conecta Amazônia, Soares Consultoria.

Professor Zartu Furtado do município de Barcelos agradeceu ao apoio recebido pela prefeitura Municipal de Barcelos, através da Secretaria de Juventude Esporte e Lazer, na pessoa da senhora Delzineia de Lima Mota, e aos comerciantes Mercadinho Lacerda, Loja do Didi, Loja da Neta, Bia Capão Designer de Unhas, Mercadinho Casa do Pinto, Moda VLG, professora Márcia Cristina e dona Lurdes, seu José do barco Vencendor, continuaremos nos dedicando cada vez mas para que possamos aperfeiçoar nossas técnicas e trazer muitas conquista para cidade de Barcelos, parabenizou a federação amazonense de Taekwondo Profissional pela organização do evento e pela seriedade que vem tratando com a modalidade e o apoio as associações filiadas.

O evento foi organizado pela Federação Amazonense de Taekwondo Profissional e do Instituto Caminho Suave de Artes Marciais e Lutas Esportivas, chancelado pela Confederação Brasileira de Taekwondo Pro.

A competição teve como announcer oficial do evento o jovem Rafael Smith, popularmente conhecido como Cowboy, que deu um verdadeiro show nas chamadas dos atletas para o ringue e nos resultados oficiais das disputas, Rafael que é de Itacoatiara, da Comunidade São José do Piquiá, agradeceu a oportunidade e disse está preparada nessa nova empreitada para novas competições, aos promotores de eventos, fica o seu contato 99300-7068.

Outra competição acirrada foi a disputa pelo título entre equipes, de forma inédita no Taekwondo, a premiação para as três melhores equipes da competição foi um belíssimo cinturão.

A classificação geral por equipes ficou assim:

A competição entre as equipes teve Amazonas Combat Team como grande campeã, seguida de Shotoart Combat e Gaditas Taekwondo Clube de Barcelos

1º Lugar: Amazonas Combat Team – ACT / 450 pontos

2º Lugar: SHOTOART COMBAT / 300 pontos

3º Lugar: Gaditas Taekwondo Clube de Barcelos / 160 pontos

4º Lugar: Associação Lira / 130 pontos

5º Lugar: Associação Maquiné / 100 pontos

6º Lugar: Academia Araújo de Taekwond / 80 pontos

Alternativa Sports, valorizando o esporte amazonense.

https://www.alternativasports.com/site/wp-content/uploads/2021/09/WhatsApp-Image-2021-09-20-at-14.06.47-1024x729.jpeghttps://www.alternativasports.com/site/wp-content/uploads/2021/09/WhatsApp-Image-2021-09-20-at-14.06.47-150x150.jpegmasterArtes MarciaisDestaquesAconteceu no último domingo 19 de setembro, no Clube do ASA, localizado na  Av. Coronel Teixeira, 2.131 - Compensa 1, a primeira edição do Amazon Combat de Taekwondo PRO. O evento teve início as 10h30 no salão principal do clube, com lutas na categoria infantil, onde competiram crianças com idades...Aqui você fica por dentro de tudo o que acontece no cenário esportivo amazonense, com vídeos, fotos e reportagens.   Com um trabalho feito através de nossas ferramentas de veiculação, levamos até você caro leitor o máximo de informações possível e valorização de nossos atletas em suas diversas modalidades trazendo o resultado obtidos em competições.  Espaço aberto para todas as modalidades praticadas no Amazonas, se você quer uma reportagem entre em contato conosco.